Por que a Turquia invade a Síria agora?

mapa-siria
Mapa da Situaçom da Síria a Junho do 2016

Por Mark Campbell

O objetivo da Turquia som os curdos nom o ISIS.

A drástica invasom das forças turcas em Jarablus é apenas a mais recente reviravolta dramática na guerra já complicada na Síria, mas por que a Turquia escolheu agora para fazer este calculado movimento?

Turquia di que o seu objetivo é atacar o ISIS e as forças curdas das YPG mas nom há provas suficientes de ataques ao ISIS.

O movimento vem curiosamente semanas depois da libertaçom da importante cidade estratégica de Manbij, ao sul de Jarablus do ISIS. As forças das SDF (Forças Democráticas Sírias) que incluem árabes sírios, luitarom fortes batalhas intensas com o ISIS pola cidade. Batalhas que virom as SDF perder mais de 400 luitadores.

A libertaçom de Manbij foi a última gota para a Turquia que vêem às forças curdas liberando faixas de território do ISIS e estabelecendo a sua própria forma de autonomia em conjunto com tribos árabes e comunidades étnicas do norte da Síria ao longo da fronteira da Turquia.

Umha rápida olhada no mapa acima mostra por que a Turquia está determinada a parar isso. Os curdos estam tentando juntar as duas áreas povoadas curdas marcadas em amarelo. (Ambos, Manbij e Jarablus estam na zona cinzenta, perto da fronteira com a Turquia entre as duas áreas curdas amarelas.) A Turquia quer parar com isso. Os curdos acreditam que a Turquia tem estado a apoiar o ISIS nos últimos 4 anos e juntando os cantons de Rojava interromperia o abastecimento do ISIS e a passagem dos seus combatentes provenientes da Turquia.

Por que a Turquia se importa tanto que os curdos liberem a sua própria terra do ISIS?

Um deles, como já foi dito, porque deteria o abastecimento do ISIS que os curdos acreditam que têm sido apoiado pola Turquia apesar dos desmentidos oficiais da Turquia.

Mas em segundo lugar, porque, desde o estabelecimento do Estado turco, a Turquia tem estado constantemente tentando assimilar à força os curdos e pacificar os seus sonhos de autogoverno. Umha regiom autônoma curda de Rojava, di Turquia, poderia motivar aos curdos no sudeste da Turquia para empurrar para a autonomia também. Mas curdos no sudeste da Turquia já estam empurrando para a autonomia e a Turquia está a realizar umha brutal guerra que inclue crimes de guerra contra civis. A incursom da Turquia em Jarablus só vai desestabilizar ainda mais a zona.

No dia depois da incursom de Jarablus, forças curdas na cidade curda de Cizre, no sudeste da Turquia, explodiu umha base do exército matando dúzias de soldados. Os confrontos armados entre o exército turco e combatentes curdos levam desde meados dos anos 90 meados e é notória a ‘Guerra Suja’ contra os curdos.

Assim, a incursom da Turquia em Jarablus e no Norte da Síria para atacar os curdos vai ter consequências graves e destabilizara a própria Turquia.

Nom há soluçom militar para aquilo que se tornou conhecido como “questom curda” mais guerra e sofrimento para os curdos nom é a resposta nem vai trazer a paz.

A pressom internacional sobre a Turquia é necessária urgentemente para suspender as operações militares contra os curdos e iniciar negociações políticas com os curdos para umha soluçom pacífica para a questom curda começando com um cessar-fogo em ambos os lados e umha retomada das negociaçons com o  lider curdo Abdullah Ocalan e o comando do PKK nas montanhas de Qandil.

No entanto, se a Turquia som autorizados a continuar a sua invasom de terras curdas na Síria a guerra está prestes a explodir e saltar sobre a fronteira para a Turquia.

E se isso acontecer, o ISIS seria o vencedor final.

As suas linhas de abastecimento permanecerám abertas e militantes do ISIS seram livres de viajar ao longo da fronteira da Turquia e daí para a Europa.

A aposta dificilmente poderia ser mais alta.

Publicado em Kurdish Question.

 

 

 

Deixa unha resposta

O teu enderezo electrónico non se publicará Os campos obrigatorios están marcados con *