Comunicado do PYD

pyd-muslinO Conselho Geral do Partiya Yekîtiya Demokrat (PYD, Partido da Unidade Democrática) condena o mandado de detençom das autoridades turcas sobre o co-Presidente do PYD, o Sr. Mohammed Saleh Muslim. Enfatizamos que nom reconhecemos essa decisom, que contradiz a legislaçom e convençons internacionais de direitos humanos, que a mesma nom satisfaze as mínimas condiçons legais e constitucionais. As acusaçons construídas contra o Sr. Saleh Muslim som falsas, infundadas e caluniosas

Mais uma vez, tem sido demonstrado à opiniom pública mundial que o Estado turco e o governo Erdogan som hostis ao povo curdo, onde quer que seja. A Turquia continua com o seu objetivo de extermínio físico, cultural e político de todos os oponentes, especialmente os curdos. O governo turco despreza e viola o direito internacional dos direitos humanos a diário e tem a intençom de cometer um novo crime contra o nosso povo.

A derrota da Turquia e os seus mercenários no campo militar, e o colapso da sua estratégia na Síria, na regiom e no mundo, provocou que o regime turco perda a cabeça, e ataque a discriçom em todas as direçons. No entanto, declaramos a todos que nada vai afectar à nossa determinaçom de luitar e defender a nossa terra e o nosso povo. Nós temos a força, temos as capacidades para atender a todos os enredos e ataques, mesmo que sejam frenéticos.

Chamamos a todos os partidos democráticos internacionais a nom permanecer em silêncio diante da matança física, jurídica e política do regime turco sobre o povo curdo, e dar um passo para deter os crimes diários cometidos polas autoridades turcas.

23 Noviembre 2016

Deixa unha resposta

O teu enderezo electrónico non se publicará Os campos obrigatorios están marcados con *